Ninho Hospital Veterinário

Catnip: erva do bem ou do mal para seu gatinho?

16/11/2021

Catnip: erva do bem ou do mal para seu gatinho?

O catnip, conhecido no Brasil como a “erva de gato”, é uma aposta para divertir os felinos. Ao entrar em contato com a planta, o bichano manifesta diversas reações - algumas hilárias - como efeito do produto. Mais do que promover diversão, o que poucos tutores sabem é que o catnip pode ser usado também para tratar questões de convivência entre felinos, problemas comportamentais, como ansiedade e estresse, e até ajudar em caso de gatos deprimidos e apáticos.

Por isso, hoje vamos falar sobre alguns mitos e verdades sobre essa erva que deixa os gatinhos pra lá de brincalhões.

O que é erva de gato?

“Nepeta Cataria” é o nome científico da erva do gato. O catnip é uma planta herbácea de usos diversos, da mesma família da hortelã e da valeriana, e foi desenvolvida na Europa e Ásia Central. A erva é inofensiva, não causa dependência aos gatinhos e nem possui restrições de uso. Pode ser encontrada em pet shops, na versão desidratada, ou em lojas de jardinagem para plantio. 

Como usar o catnip com o seu bichano?

O catnip exala um cheiro característico, que para nós humanos lembra muito a erva-mate. Essa substância é chamada de nepetalactona e ajuda a incentivar o instinto predador do felino. Eles podem até comer e rolar na ervinha, mas só conseguem ser impactados pelos efeitos ao cheirarem. Sendo assim, não tem mistério de como dar catnip para o gato, basta jogar um pouquinho da erva no chão e esperar ele interagir: o efeito ocorre em questões de segundos.

Outra opção é investir em brinquedos e outros acessórios que vêm com a erva do gato no interior, como arranhadores, ratinhos, bolas e até toucas. Se você optar por plantar a erva, pode oferecer a flor normalmente, desprezando o caule. 

Efeitos e reações nos felinos

O gatinho que experimenta os efeitos do catnip tem seus instintos aprimorados. Por isso, é normal que alguns gatos, quando em contato com a planta, rosnem e ataquem outros animais, pois se sentem mais predadores. Por isso a importância da supervisão durante a brincadeira. Seu uso não é recomendado para gatos não castrados ou em processo de adaptação ou socialização, porque o catnip é estimulante e pode ocasionar mudanças no comportamento do felino. 

Por outro lado, os efeitos comuns do catnip são de euforia e excitação. Após a brincadeira com a erva, é normal que os gatinhos durmam por um tempinho. Afinal, eles se divertem e ainda gastam muita energia. Alguns cuidados são essenciais: A partir de três ou quatro meses, qualquer gato pode ter contato com a erva, desde que a casa seja 100% telada e ele receba estímulos no ambiente antes, durante e após o seu contato com o catnip.

Todo gato é afetado pelo catnip?

Ah, e nem todo gatinho é impactado pela erva. Existem estudos que mostram que a reação ao catnip pode ser determinada por fatores genéticos, independente do sexo do animal, ou se ele é castrado ou não. Se o seu bichano não se interessa por essa planta, fique calmo. Não há nada de errado com ele.

A erva de gato vicia?

Em excesso, os gatos podem perder o interesse na erva, automaticamente ficando imunes ao seu efeito durante um bom período. Se isso acontecer, dê um intervalo de um mês e volte a oferecer a erva com intervalos de 15 dias.


Gostou do Artigo? Compartilhe agora mesmo.

back to top Back to Top